sexta-feira, 20 outubro , 2017
Últimas Notícias
Capa / Seitas / Mórmons / Os Mórmons e os Direitos Religiosos
Os Mórmons e os Direitos Religiosos
Os Mórmons e os Direitos Religiosos

Os Mórmons e os Direitos Religiosos

…o efeito denorex…

Muitos cristãos evangélicos são atraídos pelas idéias teológicas supostamente conservadoras dos Mórmons, fazendo restrições à sociedade moderna. Eles parecem ficar ao lado dos cristãos em assuntos tais como Aborto, Oração nas escolas públicas, Homossexualidade, etc. Façamos uma ligeira comparação entre a Teologia Mórmon e a Teologia Cristã Evangélica, no que se refere a tais assuntos e veremos que as intenções são totalmente opostas.

Aborto – Para os cristãos evangélicos, que lutam pela vida, posicionando-se contra o Aborto, a base teológica é a própria natureza de Deus. A Bíblia ensina que Deus é vida e o autor da vida. Sobre este fundamento muitos cristãos se opõem ao que consideram o assassinato de bebês inocentes, os quais não têm como se defender.
Superficialmente os Mórmons parecem declarar o mesmo, mas, como sempre acontece no Mormonismo, tudo não passa de aparência. Eles se opõem teologicamente ao Aborto, não por causa da natureza de Deus, mas por causa da natureza do homem. Todos os homens são filhos literais de Deus e suas esposas, no céu. E quando um Aborto é cometido, o feto, que é o espírito de um filho de Deus no céu, não terá oportunidade de ganhar um corpo físico e continuar a sua escalada até à divindade, que a Igreja SUD considera como sendo também a vida eterna.

Oração nas Escolas – Liderando a campanha a favor da oração nas escolas públicas, no Congresso Americano, está Earnest J. Istook e outros cristãos que a ele se juntaram. Os cristãos que desejam oração nas escolas públicas assim agem porque verificam a falta que tal prática tem feito às crianças em matéria de influência religiosa, no que estão corretos. Mr. Istook está elaborando a legislação e muitos cristãos evangélicos estão trabalhando com ele no sentido de chegarem todos a um acordo comum.
Os Mórmons desejam também a oração nas escolas públicas, mas por outra razão bem diferente. Pode-se afirmar com segurança que alguns deles fora de Utah constatam a falta de qualquer Igreja na vida de um jovem em idade escolar e se preocupam com o fato. Entretanto, quando a Igreja SUD se posiciona a favor da oração nas escolas públicas ela está apenas fazendo questão de aparentar uma boa imagem. Para os Mórmons, o fato de se juntarem aos cristãos evangélicos, lutando em favor desse decreto, os apresenta como parte integrante da Fé Cristã, sem, contudo, terem necessidade de mudar suas doutrinas definitivas.
Interessante é que vários cristãos em Utah são contra a oração nas escolas públicas, uma vez que lá são os Mórmons quem vão redigir e liderar tais orações.

Homossexualidade – Os cristãos evangélicos são contra a Homossexualidade simplesmente porque a Bíblia declara que isso é pecado. Está claro que no princípio Deus criou um homem para uma mulher. Ainda bem que a maioria dos cristãos evangélicos se opõe ao Homossexualismo, mas ama os homossexuais.
Isso pode soar familiar aos Mórmons, porém eles se opõem às relações homossexuais porque tais práticas não produzem bebês. Em conseqüência, os espíritos infantis resultantes
das relações de Deus com suas esposas no céu não terão oportunidade de ganhar seus corpos físicos e progredir até a exaltação e divindade.

Adaptação – Aparentemente os Mórmons parecem se enfileirar com os cristãos evangélicos em muitas de suas reivindicações dentro da comunidade cristã. Porém as razões da Igreja SUD por trás de tais reivindicações são totalmente diferentes das dos cristãos. Muitos problemas surgem para todos os cristãos que desejam cooperar com esta Igreja em tais assuntos. O que acontece é que tais convênios sempre conferem uma imagem cristã à Igreja SUD, barateando, assim, o Evangelho de Jesus Cristo.

Quem desejar entrar num acordo religioso com a Igreja SUD, primeiro faça uma pesquisa de suas doutrinas de ontem e de hoje. Compare todas elas com a Bíblia e veja as discrepâncias que existem. Uma doutrina de ontem (como a Poligamia) pode já estar fora de prática, mas continua nos livros doutrinários, que são muitos, pois além do Livro de Mormon, que não prega a Poligamia, nem o Serviço no Templo, nem que Adão é Deus Pai, etc., existem outros livros, escritos pelos líderes que surgiram após o fundador do Mormonismo, os quais pregaram abertamente essas doutrinas espúrias, como por exemplo, Brigham Young, Orson Pratt, etc.
O Mormonismo queria chegar à casa dos 10 milhões de membros, antes do novo milênio e conseguiu. Para tanto, abriu mão de várias doutrinas antigas, conformando-se a algumas doutrinas bíblicas, mas somente para enganar os incautos. No fundo, o Mormonismo é uma religião falsa, herética e terrivelmente perigosa!

Informações colhidas no jornal “The Evangel”, edição julho/Agosto de 1997.

CRB INFORMÁTICA - Hospedagem de Sites R$ 25,00 por mês

Sobre Ministério Heresia Tô Fora!

O ministério Heresia Tô Fora, no inicio era uma coluna no jornal O Resgate, mas as dúvidas enviadas pelo e-mail foram tantas que senti a necessidade de criar um site e um centro de estudos que funciona desde 1994, nosso ministério é paraeclesiástico e interdenominacional que promove a fé cristã mediante a produção de pesquisas e informações religiosas. Nossos objetivos são informar, ensinar e equipar os cristãos sobre as verdades do cristianismo bíblico. Visa atender à igreja em suas necessidades, oferecendo uma parceria qualificada na área da Apologética Cristã.
CRB INFORMÁTICA - Hospedagem de Sites R$ 8.00 por mês