Calvary Baptist Church apresentou um casal de lésbicas como pastoras

Igreja Batista histórica escolhe casal de lésbicas como pastoras

Gospel Notícias
Apesar da clara oposição da Bíblia às relações homossexuais tanto no Antigo como no Novo Testamento, uma igreja batista acaba de nomear um casal de lésbicas “casadas” para serem co-pastoras.  Maria Swearingen e Sally Sarratt foram apresentadas à congregação durante o culto matutino no domingo, as novas pastoras iniciaram as funções oficiais como pastoras no dia 26 de fevereiro de 2017. O que nos chama atenção é que nos Estados Unidos, Europa e até aqui no Brasil existem igrejas chamadas “inclusivas” que atraem público LGBT essas igrejas normalmente são fundadas por homossexuais ativos, no entanto, Sally Sarratt e Maria Swearingen não fundaram a sua própria igreja, pelo contrário elas foram escolhidas como pastoras em uma igreja histórica de Washington, Estados Unidos, a Calvary Church foi fundada há mais de 150 anos.
 
Sally Sarratt e Maria Swearingen
Sally Sarratt e Maria Swearingen

Este anúncio gerou amplo debate entre a comunidade evangélica americana.

 
Em comunicado a Calvary Church diz que sempre teve uma “visão progressiva”, pois começou reunindo um pequeno grupo de abolicionistas quando a escravidão era a norma da sociedade, e ainda ressalta que sempre “se beneficiou da liderança das mulheres em todos os níveis da vida da igreja”.
 
A presidente do comitê da igreja que selecionou as duas para o cargo, Carol Blythe, disse: “Fomos surpreendidos pela grande fé e compromisso que elas têm de ser parte de uma comunidade evangélica. Ficamos impressionados como os dons, talentos e experiência das duas correspondeu às nossas prioridades”.
 
Durante a maior parte de sua história, a igreja fez parte da Convenção Batista do Sul, maior Convenção evangélica americana. Contudo, por defender o casamento de pessoas do mesmo sexo, desligou-se em 2012.
Leu a notícia, mas não acreditou, ficou com dúvida? Visite o site oficial da igreja: www.calvarydc.org
 
Com informações Christian Today.