sexta-feira, 22 novembro , 2019
Últimas Notícias
Capa / Estudos / Assuntos Polémicos / Jacó enganou a Esaú?
Jacó enganou a Esaú?
Jacó enganou a Esaú?

Jacó enganou a Esaú?

Muitos já chamaram o pobre Jacó de enganador, usurpador, suplantador e outros “ors” a mais, entendendo que Jacó foi desonesto com seu irmão e o enganou. Não são poucos os pregadores que gostam de trabalhar suas mensagens sobre transformação utilizando o relato bíblico dos gêmeos Jacó e Esaú. Contudo, é realmente isto o que está relatado nos textos bíblicos? Jacó enganou a seu irmão Esaú e é digno de todo o peso que colocamos sobre ele? O texto abaixo, é um trecho de uma das publicações da Emunah, “Gênesis” onde o autor (José Ribeiro Neto) faz uma pequena e objetiva explicação com relação ao ato de Jacó.

Nascem os meninos, o primeiro ruivo e todo como um vestido de pelo; por isso chamaram o seu nome Esaú. Esaú vem do hebraico ‘Essav, talvez um jogo de letras com a palavra s’ear; um outro nome para Esaú é ‘edom, que vem da palavra ‘adom (vermelho). O outro por ter nascido segurando o calcanhar de seu irmão, recebe o nome de Jacó, do hebraico Y’aaqov, que vem da raiz hebraica ‘eqev (calcanhar).

Começou a haver uma divisão na família de Isaque, ainda que o casal Isaque e Rebeca fossem escolhidos por Deus, parece que tiveram dificuldades em administrar sua casa. Rebeca dava preferência a Jacó e Isaque a Esaú (Gn. 25.28). Atitudes de acepção com os filhos podem gerar drásticas consequências futuras e até inimizades entre irmãos, como ocorreu entre Jacó e Esaú.

Os versos 29-34 do capítulo 25 nos mostram a venda da primogenitura de Esaú a Jacó. Embora mais tarde Esaú alegue que foi enganado (27.36), a verdade é que foi ele mesmo que desvalorizou o seu direito de primogenitura e o vendeu por um guisado de lentilhas.

Segundo escavações arqueológicas do período patriarcal, é conhecido que o direito de primogenitura era negociável e poderia ser transferido através de um acordo.

“Por exemplo, um contrato de casamento do décimo quinto século de Alalajh, no norte da Síria (onde a população foi durante muito tempo hurriana), indica que o pai podia desdenhar a lei da primogenitura e designar o filho que seria o ‘primogênito’” (BRIGHT, John. História de Israel. 6ª ed, São Paulo: Paulus, 1978, pg 98).”

Foi isso que Jacó fez com Esaú, um acordo: – “Eu te dou este guisado em troca do seu direito de primogenitura”, ao que Esaú concordou, pronto, negócio fechado; não há qualquer engano aqui, Esaú é que foi precipitado e inconsequente por vender seus direitos por desejo de saciar momentaneamente sua fome. Ser primogênito dava vários direitos ao possuidor; na ausência do pai o primogênito era o responsável pela família; ainda tinha direito à porção dobrada da herança sobre qualquer outro irmão.

O Novo Testamento esclarece ainda mais o mau comportamento de Esaú: “E ninguém seja devasso, ou profano, como Esaú, que por uma refeição vendeu o seu direito de primogenitura. Porque bem sabeis que, querendo ele ainda depois herdar a benção foi rejeitado, porque não achou lugar de arrependimento, ainda que com lágrimas o buscou. (Hb. 12.14)”

Não devemos desprezar a nossa primogenitura, como o fez Esaú (Gn 25.34), que é chamado de profano; profano é aquele que despreza as coisas de Deus. Não devemos desprezar a nossa santidade (Hb 12.14), pois fazemos parte da graça.

Texto retirado de: NETO, José Ribeiro. Gênesis – Comentário prático capítulo a capítulo, 1ª ed. Poá: Emunah Publicações, 2007.

Fonte: Emunah Editora

CRB INFORMÁTICA - Hospedagem de Sites R$ 25,00 por mês

Sobre Ministério Heresia Tô Fora!

Ministério Heresia Tô Fora!
O ministério Heresia Tô Fora, no inicio era uma coluna no jornal O Resgate, mas as dúvidas enviadas pelo e-mail foram tantas que senti a necessidade de criar um site e um centro de estudos que funciona desde 1994, nosso ministério é paraeclesiástico e interdenominacional que promove a fé cristã mediante a produção de pesquisas e informações religiosas. Nossos objetivos são informar, ensinar e equipar os cristãos sobre as verdades do cristianismo bíblico. Visa atender à igreja em suas necessidades, oferecendo uma parceria qualificada na área da Apologética Cristã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

CRB INFORMÁTICA - Hospedagem de Sites R$ 8.00 por mês